Rock Beats LIVE | Festivais de Rock | Pop Rock Nacional e Internacional

Presidência da Federação de Surf do Estado marca presença no evento em celebração ao Dia do Surfista, em Santos.

Presidência da Federação de Surf do Estado marca presença no evento em celebração ao Dia do Surfista, em Santos.

Foto Marcelo Martins

unnamed (11)

O presidente da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), José Paulo Neves Ferreira, o Zé Paulo, esteve presente no Paço Municipal de Santos, na tarde de quinta-feira, 21, na homenagem ao Dia Municipal do Surfista.
Realizada pela Prefeitura, em parceria com a Associação Santos de Surf (ASS), que tem em sua presidência Mauro Rabellé, também vice-presidente da SPSurf, homenagearam, nesta edição, surfistas pioneiros da década de 60 como Odailton Dato de Oliveira Silva, Fernando Aurelio Cornelio Pivetta, Geraldo Mantilla Luzzi e José Paulo Sacramento “in memoriam”.
“Realizamos mais um evento de grande importância para a história do surfe santista. E, é importante ressaltar que além do apoio da Prefeitura, não podemos esquecer do forte trabalho de pesquisa de Diniz Iozzi ‘o Pardal’, que estudou minuciosamente a escolha dos homenageados. Agora, ele já começa todo o processo novamente de escolha dos próximos surfistas que ajudaram na construção da história do surfe do município, para o ano de 2022″, revelou Rabellé.
Entre os momentos mais marcantes da cerimônia, Rabellé destaca a fala do atual prefeito de Santos, Rogério Santos, que também é surfista. Na ocasião, o prefeito assumiu o compromisso de retomar as obras de reforma do Quebra Mar, assinou pela permanência, por mais um ano, do Museu do Surf e se comprometeu em apoiar com o que for necessário o Centro de Treinamento de Surf, que funciona por meio de Termo de Cooperação Técnica entre a Associação Santos de Surf e a Secretaria de Esportes.

“Foi uma cerimônia muito representativa para o surfe santista. Para nós, da SPSurf, o evento traz uma energia muito positiva que nos alimenta para enfrentarmos os desafios do ano de 2021″, comentou Zé Paulo, presidente da SPSurf. A cidade de Santos também é a dona do título de campeã por equipes do 1º Quiksilver Estadual de Clubes, realizado pela Federação, em 2020. Também esteve presente o Diretor Jurídico da SPSurf, Reginaldo Ferreira Lima Filho, o Naldo, que de 2017 a 2019, presidiu a ASS.
Dos homenageados em 2021, Dato iniciou a prática do surfe na praia do Itararé, em São Vicente, fazendo suas próprias pranchas para surfar e competir. Geraldo Mantilla é da geração pé na areia, dos prédios em frente a ilha de Urubuquecada. Fernando Piveta foi o primeiro campeão paulista da categoria júnior, em 1967 e José Paulo aprendeu a surfar no Canal 3, em Santos, fazendo pranchas de madeirites que cercavam a obra do Clube XV.
A solenidade, criada por lei municipal em 2003, valoriza aqueles que ajudaram a construir a cultura do esporte em Santos, que é considerada a cidade berço do surfe no Brasil, desde a década de 30, de acordo com relatos históricos.
Desde de sua criação, mais de 50 surfistas já foram homenageados, entre eles Picuruta Salazar, Cisco Araña e os irmãos “Twins”, Dudu (in memorian) e Carlinhos, que nos deixou no último dia 10 de Janeiro de 2021 (RIP).
O evento ocorreu no Salão Nobre Prefeito Esmeraldo Tarquínio, no Palácio José Bonifácio, seguindo todos os protocolos de segurança do COVID-19.


Por: Surf Today / fonte: SP SURF

Macaco/PB - 22/01/21 - Sexta-Feira

Bom dia! 

Sexta se mantendo com mar fraco mas não zerado, ideal para a galera iniciante, para o final de semana os gráficos mostram uma média geral de poucas ondas em nosso litoral, mais tudo pode mudar, se o terra aparecer as lajes vai ser a grande opção! Fiquem ligados🤜🤛
Bom final de semana👍🤙
📲 7:20h


Fonte: ondaspb
 


 


 NOTA OFICIAL – CHAPA SURFA BRASIL!

NOTA OFICIAL – CHAPA SURFA BRASIL!

NOTA OFICIAL – CHAPA SURFA BRASIL!

images

 

 

Após um período de reflexão pós eleições na Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), a CHAPA SURFA BRASIL, liderados pelos experientes JOJÓ DE OLIVENÇA E BRIGITTE MAYER, vem a público externar sua posição em decorrência de alguns fatos que vêm acontecendo nos últimos dias, conforme seguem:

PLEITO ELEITORAL: As acusações levianas de membros da CHAPA NAÇÃO SURFE BRASIL, no qual nos coloca como “aliada” ao grupo da atual situação que comanda a CBSurf são totalmente infundadas, já que nenhum integrante da nossa chapa tem ou já teve qualquer relação com o atual presidente Adalvo Argolo.

Entretanto, ressaltamos e lembramos a toda a comunidade do surf brasileiro que os atuais“mentores”da CHAPA NAÇÃO SURFE BRASIL é que foram aliados de longa data, não podendo, com isso, se auto intitularem como a “única chapa de oposição”, inclusive com o seu ex vice-presidente da entidade.

Quanto a nossa presença nos pleitos eleitorais, informamos que comparecemos na assembleia realizada no dia 18/12/2020 em respeito às federações que nos apoiam, além de estarmos precavidos quanto uma propensa queda da liminar (que poderia ter ocorrido), assim como acompanharmos a execução do pleito, caso ocorresse, quanto a sua lisura.

Acreditamos na decisão democrática da comunidade do surf e, por tal motivo, também não nos opomos a participar da assembleia realizada no dia 30/12/2020.

Da mesma forma não discutimos o direito de acesso ao poder judiciário pelas filiadas para avaliação pelo juízo, salientando que em nenhum momento, até agora, recorremos à justiça.

Seguiremos na nossa intenção de salvarmos a modalidade de uma administração absolutamente negligente e obscura para o surf brasileiro.

ATAQUES OPOSITORES: nos últimos dias temos recebidos diversos ataques pela outra chapa de oposição, contendo dentre outras coisas, difamações e calúnias ao nosso grupo, principalmente, direcionado ao presidente, Jojó de Olivença.

Muitos desses que nos atacam esquecem seu passado junto ao atual presidente dentro da atual gestão da CBSurf, quando foi feito o atual estatuto, permitindo a pedalada de mais uma eleição do atual presidente. Todavia, esclarecemos que não iremos entrar nessa “guerra de bastidores”, justamente por entendermos que seja essa a tática dos adversários em desejarem um conflito para desestabilizar o único grupo que está organizado e pronto para fazer uma rápida e necessária reorganização da modalidade no Brasil.

POSIÇÃO DA CHAPA: por conta de todos os últimos acontecimentos, o nosso grupo resolveu continuar empenhado e disposto a lutar e salvaguardar os interesses da nossa modalidade e, para isso, aguardaremos a decisão final da justiça quanto ao pleito eleitoral.

Lembrando que continuaremos participando desse importante momento do surf brasileiro por meio da nossa conduta ilibada
e de experiência comprovada para gerir a modalidade e, enquanto isso, estaremos nos reunindo com todos os representantes, atletas e parceiros dispostos a conhecerem e entenderem o nosso projeto de total reestruturação do surf brasileiro.

Por fim, agradecemos o apoio incondicional de grande parte dos atletas e parceiros, que continuam depositando a esperança nesse grupo formado por pessoas que possuem história, lisura e independência para gerirem o futuro da CBSurf e estaremos sempre à disposição da comunidade do surfe brasileiro.

CHAPA SURFA BRASIL

JOJÓ DE OLIVENÇA -Presidente
BRIGITTE MAYER -Vice-Presidente

Por: Surf Today / fonte: santos press